Consórcio de Carros: As 7 Perguntas Mais Frequentes

Consórcio de Carros As 7 Perguntas Mais Frequentes
Consórcio de Carros As 7 Perguntas Mais Frequentes

Uma ótima escolha para quem sonha em comprar um automóvel é o consórcio de carros. No entanto, muitas pessoas não optam por essa modalidade de compra justamente por não terem informações suficientes para matar todas as suas objeções sobre o assunto.

Por isso, no artigo de hoje vamos falar sobre as 7 perguntas mais frequentes sobre como funciona o sistema de consórcios para aquisição de carros. Confira!

1- Posso fazer consórcio de veículos usados?

Sim. Conforme a regulamentação dos consórcios, prevista na legislação, é possível sim fazer consórcio de bens usados. E não apenas de carros usados, como de imóveis, máquinas, etc.

No entanto, você deverá atentar para a administradora e para o grupo de consórcio de sua escolha. Em alguns casos, as administradoras determinam limites de ano de fabricação.

2- Posso escolher outro modelo de carro quando for contemplado?

Sim. Você poderá comprar qualquer bem que esteja no segmento do consórcio escolhido. O valor estipulado em sua simulação antes de comprar sua cota serve somente como base para o cálculo das parcelas.

Por isso, você poderá utilizar seu crédito contemplado conforme desejar.

3- Tem prazo para usar o crédito?

Não há prazo. No entanto, quando seu crédito for contemplado, o valor será apartado dos recursos do fundo do grupo e receberá rendimentos de aplicação financeira até o dia em que você utilizá-lo.

Além disso, vale a pena mencionar que você poderá comprar um veículo com valor superior ao do crédito, contanto que se responsabilize pelo pagamento da diferença.

4- Consórcio de carros tem juros?

Nenhum consórcio tem juros. Há, no entanto, uma taxa administrativa diluída nas parcelas. É com essa taxa que as administradoras lucram e, devemos mencionar que não há comparações da taxa administrativa com as taxas de juros já conhecidas nos casos de financiamento.

As taxas de juros são consideravelmente superiores. Por exemplo, a média anual da taxa administrativa do consórcio de carros é de 2,09%, enquanto a dos financiamentos é de 29,08%.

5- As parcelas de consórcio de carros sofrem reajuste?

Esse é o fator mais importante a se atentar quando adquirir sua cota no consórcio de carros. O reajuste pode sim acontecer. Geralmente, ele segue a tabela do fabricante do veículo escolhido por você.

Isso significa que se o carro escolhido por você ficar mais caro, sua parcela também ficará. Por isso, é fundamental que você conheça e entenda o funcionamento dessa tabela de reajustes do fabricante ao simular e contratar seu consórcio.

De acordo com Paulo Roberto Rossi, presidente da ABAC, é indispensável conhecer

a tabela, bem como os motivos que podem fazer o valor aumentar ou diminuir.

6- E se eu atrasar o pagamento da parcela?

Nesse caso, você estará sujeito a multas, embora possa  negociar acordos com a sua administradora.

É importante que você cuide para que não acumule parcelas em aberto, caso contrário, poderá ter consequências maiores.

Você pode conferir com detalhes qual a recomendação da ABAC nesses casos clicando aqui.

7- E se eu desistir?

Se, por algum motivo, você precisar desistir do seu consórcio, as suas opções serão as seguintes:

I- Transferir para outra pessoa: você poderá transferir seu consórcio – o que envolve todos os seus direitos e obrigações – para outra pessoa, contanto que essa possibilidade esteja prevista em seu contrato com a administradora. Se esse for o caso, você deverá conferir quais as condições para tal.

II- Vender sua cota: a venda poderá ser feita pelo consorciado ou pela administradora, novamente, se essa possibilidade também for previamente garantida por contrato.

III- Desistir do consórcio: a literal desistência tem algumas penalidades como consequência, que também devem ser previstas em contrato. O Código de Defesa do Consumidor afirma que a desistência de contratos pode ocorrer em até sete dias a contar do dia da assinatura.

No entanto, se esse prazo for ultrapassado, você provavelmente terá de arcar com algumas multas de quebra contratual. Tudo isso deve ser esclarecido entre você e sua administradora no momento em que você adquirir sua cota.  

Se quiser saber mais sobre as orientações da ABAC sobre a transferência de consórcio, confira este artigo.

Essas foram as respostas para as 7 dúvidas mais frequentes sobre consórcio de carros. Esperamos que tenha sido esclarecedor.

Ficou interessado em simular um consórcio de carros?

Faça sua simulação gratuita com a List!